sexta-feira, 4 de maio de 2012

dois factos absolutamente vitais

Descobri hoje, com 37 anos, duas coisas.
A saber: que a cena inicial do James Bond é o cano de uma arma, e não uma máquina fotográfica, como pensei eu durante anos (e continuo a achar estúpido um cano de uma arma fazer aqueles movimentos, mas ok); e que american beauty é o nome de uma espécie de rosa cultivada nos EUA, que não tem espinhos nem cheiro. Daqui depreendo que a) não é uma rosa e b) aaaaah, ok, faz todo o sentido o filme ter este título.
Pronto, era isto.

5 comentários:

Lia Ferreira disse...

é o cano ou é a mira? :)

olha, já está no youtube:
http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=sC73r8vcnIM

beijinhos

triss disse...

Eu pesquisei na net e só encontro "gun barrel"...

thanks:-)
beijinhos

Analog Girl disse...

Ok...
James Bond: Really? :P (é tão velha essa, como é que te escapou?)
American beauty, já tinha ouvido falar de qualquer coisa de ser uma espécie de rosa, mas desconhecia as características, por isso partilho do espanto de no filme fazer TODO o sentido. Lindo.
Hoje já aprendi coisas novas. É sempre bom! :)

triss disse...

Really...
Sabes quando és miúda e achas que sabes a letra de uma canção? E depois chegas aos 30 anos e descobres que cantavas mal a letra?
Pronto, sou eu com a cena do James Bond.

Melissinha disse...

Sabia a segunda, não a primeira.