sexta-feira, 26 de abril de 2013

as regras

A propósito deste post sobre a tpm, suponho que com a idade nos passem os desejos (de doces ou salgados) para se instalar um caos hormonal de tal ordem que, nesses dias deveria ser obrigatório termos férias. Para o bem estar da empresa e da sociedade em geral.
Ontem, no autocarro, a senhora ao meu lado mascava a pastilha de boca aberta de tal maneira, que senti o sangue a ferver-me nas veias e imaginei-me a rachar-lhe a cabeça com a Queda dos Gigantes, que estou quase a acabar. E a adorar por sinal.
Hoje, aqui na empresa, entra o casal maravilha que  faz uma campanha inglesa e tem um sotaque hiper british, afectadissimo, como se estivessem num palco a recitar Shakespeare. Não bastando isso, este par de jarras chega todos os dias 45 minutos mais cedo e senta-se no posto de trabalho à espera da hora para começar a fazer chamadas. E por vezes começam 5 minutos antes.
Ora eu, não dou nem um minuto à casa, e às 19h27 já estou de casaco vestido e de pé pronta para a grande fuga. E se alguém me telefona a essa hora, a chamada vai cair de certeza.
Ora isto, dá-me cabo dos nervos, e hoje entra o tal casal, como sempre mais cedo.
E diz ela "Is it 9 o'clock yet? ahahah" (ela sai às 21h).
E digo eu para a minha colega canadiana "Vera, have you seen taxi driver?", ela diz que sim, e eu "Today i'm like Travis Bickle without the guns"
A sério, tenho dias que parece que estou num filme americano, fuck para ali, fuck para aqui. I don't give a fuck, he's fucking nuts, enfim, uma desgraça.

nota: atenção que a maioria dos meus colegas não fala português, não estou aqui a cagar postas de pescada.

2 comentários:

Naná disse...

Eu voto nessa moção de termos dias de férias nesses dias!

É que eu não me apetece espancar ninguém, simplesmente sinto-me tão cansada que quase me arrasto... o corpo e os neurónios!

Julieta disse...

TPM. Sofro e muito desse mal e parece que está a piorar muito com a idade. Por vezes penso que preciso de ajuda...chega a ser esquizofrénico.