segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

dica para jovens mães

Gostava de partilhar uma descoberta fantástica, que até agora está a funcionar lindamente.
Decerto conhecem o drama de dar um antibiótico líquido através de uma seringa, a uma criança que não o quer tomar (excluo desde já as crianças dóceis e tranquilas que abrem a boca perante a visão da colher com o medicamento).
Pois que com a minha filha, já tinha tentado a bem e neste momento estava na fase do "vai a mal". Até que eu, vá-se lá saber porquê, lhe passo a seringa para a mão e digo "toma tu, tens de empurrar aqui".
Pasmem-se que este nico de gente com 2 anos feitos agora, toma sozinha e a seguir diz-me "maijoutro?"

(tenho receio de publicar este post não vá isto acabar...)

5 comentários:

anf disse...

a minha cria inclui-se nas primeiras

EIMV disse...

A minha também já toma sozinha o aerius. Já não aceita que seja eu a fazer.
Já o antibiótico, da última vez que tomou, só para os últimos dias é que se convenceu que era mesmo para tomar e pronto. Acho que teve a ver com o facto de ser um bocadinho granulado e custa-lhe mais.
As melhoras!

triss disse...

E eu a pensar que estava aqui a dar uma grande novidade;-)

Maria Bê disse...

Olha que excelente ideia! Obrigada por partilhares, espero lembrar-me quando precisar!
Um sorriso!

Julieta disse...

As minhas crianças incluem-se nas "que abrem a boca perante a visão da colher com o medicamento" mas sem a parte de " dóceis e tranquilas" :) Ela adora tomar medicamentos desde sempre...o que me parece até um pouco preocupante!