quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

quer emagrecer? tenha um filho.

Pode parecer um contrasenso, mas não é. Apesar da mulheres engordarem todas (e ainda bem) quando estão grávidas, e depois enquanto amamentam continuam gordinhas, é mesmo assim que tem de ser. Haja energia.
O pior é depois. Carregar a cria para todo o lado, mais toda a parafernália de sacos do dia a dia, comer quando temos tempo, e não quando temos fome, umas preocupações à mistura e voilá. Cheguei aquele peso que tinha antes dos 30 anos, e não estou nada contente, devo dizer. A minha médica de família, na consulta da gripe na segunda feira, lá me perguntou se andava a tentar ser a mulher invisível. E eu disse-lhe que não sabia, porque não me pesava à meses. A balança foi implacável e o resultado foi abaixo dos 50kg. Não admira que me falhem as canetas de vez em quando.
Eu preciso é de dormir. E do verão também.

7 comentários:

EIMV disse...

Eu não emagreci assim tanto, mas tb emagreci bastante. Só as preocupações me fazem emagrecer...
No entanto há pessoas a quem acontece o contrário.

Ana C. disse...

Quer desaparecer? Tenha dois :)
Agora a sério, vê lá se está tudo bem contigo mesmo. Eu também emagreci bastante com o segundo filho, mas nada que se compare a descer a barreira dos 50 quilos. Sinto-me permanentemente cansada e mesmo quando tenho uma noite calminha, nunca durmo profundamente.
Enfim, entendo-te.

Delta disse...

Ola Triss,
Eu tambem emagreci desmesuradamente depois da minha bebe nascer. Sao de facto as preocupacoes, nao ha outra explicacao. Eu tenho agora o peso que nao me lembro de ter tido nos ultimos quinze anos. Sou um peso pluma, ate me ando a esforcar para engordar um pouquinho. A ver se a coisa se compoe.
Beijinho

cláudia disse...

se calhar era isto que o Cavaco devia dizer para aumentar a taxa de natalidade! :)

força nisso, tens de pensar que comer é tão importante como outra tarefa qualquer. estar abaixo dos 50 é mesmo pouquinho..

triss disse...

EIMV, há pessoas que os nervos lhes dão para comer alarvemente, mas não é o meu caso... mas são mesmo as preocupações:-/

Ana C. fartei-me de rir (obg), mas fico-me por esta, que com 1 ano ainda são raras as noites dormidas inteiras. E de facto sinto-me mesmo muito cansada, e dormir profundamente.... acho que isso acabou:-(

Olá Delta, sim de facto as preocupações não ajudam mesmo nada, mas vou fazer um esforço para comer mais e melhor:-)

Cláudia, é mesmo! Apesar de ter tido 48/49kg durante muito tempo, depois dos 30 anos passei para os 52/54kg, e agora pimba! desci outra vez. Não pode ser...

Obg pelos vosso comentários meninas. :-)

Cata disse...

Até assusta ler estes comentários,o que acontecerá a quem já está nessa faixa dos <50? Não dá para descer mais! E à medida que ficamos mais velhas sempre ficamos mais compostas com uns quilinhos extra, não é? Come umas feijoadas ;)

triss disse...

Cata, podes sempre comer cerelac todos os dias e assim engordas uns 20 ou 30 kilitos. Assim vai ser mais difícil perdê-los :-) (isto aconteceu a uma prima minha)

Feijoada dá pum.
(mas é tão bom! a feijoada, não o pum)