sexta-feira, 10 de agosto de 2012

a ler

e a gostar muito.

10 comentários:

t disse...

não conheço. vou investigar :)
***

cláudia disse...

adorei, adorei, adorei. é mesmo bom.

Melissinha disse...

é maravilhoso.

triss disse...

estou a amar, que pena ser tão pequeno.

Ana C. disse...

Peguei nele, porque a Melissa já me tinha falado, mas não curti a primeira página e decidi não levar. Sendo assim, dar-lhe-ei uma segunda oportunidade.

triss disse...

Ela escreve muitissimo bem, gostei da história (sempre gostei de histórias passadas em África, guerra colonial, descolonização, e escritores africanos).
Embora seja triste, é uma história que nos toca, ma slá está, é preciso estar na onda:-)

AnaLu disse...

Muito bom este livro, li-o mal saiu. Uma perspectiva muito humana da coisa. Precisamos de mais livros bons sobre a nossa descolonizacao, tema que ainda permanece na obscuridade e sobre o qual ninguem quer falar.

triss disse...

Analu, precisamos principalmente de livros sobre os retornados, desses então ninguém fala.
Já leste o Esplendor de Portugal e As cartas da guerra do Lobo Antunes? Muito bons.

AnaLu disse...

As cartas da guerra sim :) o outro não mas agora fiquei curiosa. E também gostei bastante do livro da Isabela, do blog Novo Mundo, sobre o mesmo tema, O caderno de memórias coloniais.

triss disse...

Não conheço essa Isabela, vou investigar.
Quanto ao Esplendor, custou-me um bocado a ler, é triste. Mas a tristeza é uma tónica comum a todos os livros do Lobo Antunes...